Elogiáveis e importantes são as iniciativas dos programas, campanhas e projetos de educação de trânsito desenvolvidos. Entretanto, em nossos estudos, verificamos que as políticas de prevenção e educação no trânsito existentes, no âmbito público ou privado, são importantes, porém não existe no Brasil política de assistência social e técnica que vise diretamente ao atendimento dos direitos dos vitimados no trânsito, além do Núcleo de Assistência Social das Vítimas de Acidente no Trânsito – NASVAT, do CCSEM-OSCIP.